O Programa SERVIR-Amazonia

Conectando o espaço à vila: informações geoespaciais para melhorar a tomada de decisões ambientais na Amazônia.

-> Baixe o folheto em Inglês, em Espanhol e em Português

->  Download de uma descrição do programa (em inglês)

 

SERVIR GLOBAL

O SERVIR-Amazônia é um braço do SERVIR Global, uma iniciativa conjunta de
desenvolvimento da Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço (NASA) dos Estados Unidos e da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID). Desde 2005, o SERVIR vem trabalhando em parceria com diversos países para promover o uso de informações fornecidas por satélites de observação da Terra e de tecnologias geoespaciais.

Liderado pelo Aliança Internacional da Biodiversidade e o Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT) ,o SERVIR-Amazônia é o mais novo de cinco centros regionais do SERVIR. Trata-se de um programa de cinco anos (2019-2023) que reunirá alguns dos melhores pesquisadores e profissionais da área do desenvolvimento do mundo para trabalharem em temáticas relacionadas ao engajamento comunitário, à Ciência da Geoinformação e ao sensoriamento remoto, bem como ao clima e à Ciência dos Sistemas Terrestres. O SERVIR-Amazônia trabalhará com parceiros regionais no sentido de promover um melhor entendimento de necessidades e usar essa compreensão para desenvolver ferramentas, produtos e serviços que permitam aos países da Bacia Amazônica melhorar seu processo decisório e incorporar mais adequadamente a voz de mulheres, povos indígenas e suas comunidades às suas decisões.

 

PARCEIROS DOS CENTROS E PAÍSES

Os parceiros do Centro SERVIR-Amazônia incluem os seguintes:

  • Grupo de Informática Espacial – SIG (United States)
  • Conservación Amazónica – ACCA (Peru)
  • Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola – IMAFLORA (Brazil)

Leia mais sobre nossos parceiros

O Centro trabalha também em regime de estreita colaboração com o Instituto Internacional de Pesquisa sobre Clima e Sociedade da Universidade de Columbia – IRI (Estados Unidos).

O Programa desenvolverá atividades no Brasil, no Peru, na Colômbia, no Equador, no Suriname e na Guiana.

SOBRE A Aliança Internacional da Biodiversidade e o Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT)

A Aliança Internacional da Biodiversidade e o Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT) fornece soluções baseadas em pesquisas que aproveitam a biodiversidade agrícola e transformam de maneira sustentável os sistemas alimentares para melhorar a vida das pessoas. As soluções da aliança abordam as crises globais de desnutrição, mudanças climáticas, perda de biodiversidade e degradação ambiental. Com novas parcerias, a aliança gera evidências e integra inovações para transformar sistemas e paisagens alimentares, de modo a sustentar o planeta, impulsionar a prosperidade e nutrir pessoas. A Aliança faz parte da CGIAR, uma parceria global de pesquisa para um futuro com segurança alimentar. www.ciat.cgiar.org

O CGIAR é uma parceria global voltada para o desenvolvimento de pesquisas focadas em garantir um futuro com segurança alimentar. Suas pesquisas científicas são realizadas em 15 centros de pesquisa em colaboração com centenas de parceiros em todo o mundo. www.cgiar.org

ÁREAS TEMÁTICAS

O SERVIR-Amazônia trabalha em quatro áreas temáticas com o objetivo de empoderar atores em toda a região para rastrear e compreender mudanças ambientais praticamente em tempo real, avaliar ameaças climáticas e reagir rapidamente diante de desastres naturais. Consulte Mais informação

Os objetivos do Programa estão alinhados com os Objetivos da Visão da Amazônia da USAID de:

  • Reduzir as emissões terrestres de GEE e o impacto das mudanças climáticas
  • Melhorar a gestão de áreas protegidas e de outras áreas de conservação
  • Garantir os direitos, os recursos e a saúde de comunidades dependentes de florestas
    (geralmente comunidades indígenas).

CONCEITO DE SERVIÇOS

Os serviços prestados pelo SERVIR – ferramentas, dados e recursos de capacitação – são orientados ao usuário, baseados em necessidades e desenvolvidos coletivamente para melhorar a tomada de decisões ambientais. A abordagem adotada pelo SERVIR baseia-se em um modelo de “concepção e prestação de serviços” que inclui equipes dinâmicas compostas por partes interessadas regionais, cientistas e especialistas temáticos em todas as fases.

Baixe o SERVIR Global infográfico no conceito de serviço 

A concepção e prestação de serviços são reforçadas por meio de:

  • Uma Incubadora de Empresas Geoespaciais: Vincula serviços a modelos de negócios mais abrangentes que alavancam parcerias público-privadas.
  • Uma Rede de Parceiros Acadêmicos: Desenvolve vínculos entre universidades da Amazônia e com suas contrapartes nos Estados Unidos no intuito de desenvolver capacidades e criar conjuntamente ferramentas e serviços baseados em informações geoespaciais.
  • Uma Equipe de Ciências Aplicadas: Processo competitivo liderado pela NASA para financiar pesquisas em apoio ao SERVIR no desenvolvimento de aplicativos científicos voltados para a promoção do desenvolvimento internacional com base no uso de observações da Terra.
  • Um Grupo de Especialistas Temáticos: Cientistas ou profissionais dos Estados Unidos financiados pela NASA para dedicar dois meses para ajudar o SERVIR-Amazônia a abordar questões essenciais para o desenvolvimento de atividades.

IGUALDADE DE GÊNERO E POVOS INDÍGENAS:

O SERVIR-Amazônia promove oportunidades para mulheres que trabalham nas áreas de ciência e tecnologia participarem da concepção e implementação de projetos orientados pela demanda. O Programa considera também as necessidades e prioridades específicas de mulheres decisoras. Além de considerar questões de gênero, o Programa envolve grupos de povos indígenas para garantir sua representação ativa e participação no processo de codesenvolvimento.

Carlos Gasco

Carlos Gasco

Diretor de programa

c.gasco@cgiar.org

Brian Zutta

Brian Zutta

Líder de Ciência e Dados

bzutta@sig-gis.com

José Fernandes

José Fernandes

Líder de Envolvimento do Usuário

j.fernandes@cgiar.org